Como comprar roupas importadas de forma correta

Como importar roupas facilmente

Atualmente trabalhar com franquias baratas não está sendo uma das melhores saídas para se ganhar dinheiro. Muitas pessoas estão partindo para o ramo de importação e estando se saindo muito bem. Contudo sabemos que, tanto para você, como para várias pessoas, conseguir comprar roupas importadas corretamente é uma tarefa muito difícil, pois temos os relatos de muitas pessoas que ainda acreditam que fazer isso é uma coisa do outro mundo.

Muitas vezes isso se deve ao fato de que para entender como funciona a forma de tributação sobre as importações é realmente muito difícil e, portanto fica quase impossível fazer uma importação de forma segura e eficiente quando falamos a respeito dos melhores preços e os melhores produtos.

Temos toda certeza de que se você quer realmente entrar para esse mundo das importações, oportunidades para você aprender e te ajudar nunca deixarão de surgir.

E para te mostrar que nada na vida é tão difícil quanto pensamos que seja, vamos te mostrar como você deve ver os mecanismos que estão rodando por trás de qualquer importação, para que você possa importar qualquer coisa da maneira mais correta e eficaz possível.

Portanto qual a forma correta de comprar roupas importadas?

Vamos apenas precisar compreender os dois princípios básicos que regem toda e qualquer importação e o restante será mamão com mel.

Vamos lá então: O primeiro principio e coisa a se prestar bastante atenção e como se dizem por ai, colocar do lado direito do peito, é que você deve, antes de fazer qualquer importação, camuflar o endereço de IP do seu computador.

Você deve estar até roendo as unhas para me perguntar o porquê de fazer isso, mas saiba que fazendo isso os sites dos fornecedores estrangeiros não perceberão que você é um cliente brasileiro e assim você irá conseguir finalizar sua compra sem problema nenhum. Sem contar que, você poderá aproveitar os melhores preços e promoções do momento, direcionadas apenas àqueles que estão em certa localidade.

Para compreender melhor como é que funciona esta estratégia, aconselho que dê uma olhada no Treinamento Academia do Importador, pois lá, além dessa sacada fenomenal, você será apresentado a vários macetes para importar de forma correta e eficiente.

O Segundo principio que acredito que todos estão tremendo de vontade de saber qual é, é ter um endereço em território Americano, pois de que adianta ter um IP de lá se na hora de colocar o endereço de entrega estiver um endereço aqui no Brasil.

Fiz minhas compras e agora?

Ok, você já está fera em importar e agora quer revender suas mercadorias para ter seu lucro merecido, portanto, veja minhas dicas para também ficar fera em vendas pela internet:

Minha dica principal será de falar que você precisa ter uma loja virtual para anunciar seus produtos e ficar isento de taxas abusivas desses sites de vendas coletivas, como por exemplo o Mercado livre.

Para essa tarefa, nos indicamos nada mais, nada menos, que os dois melhores cursos sobre este assunto disponível na internet, o Dropshipping, nele você aprenderá desde o basicão de como comprar um domínio até a instalar a plataforma mais utilizada de e-commerce disponível no mercado atualmente, é o Treinamento Formula da Importação, que também parte dese

Veja este vídeo a respeito:

Espero que nossas dicas tenha utilidade e desejamos a todos muito sucesso e realizações.

Dicas para sua viagem ser show!!!

Abaixo relaciono algumas dicas, que a meu ver, facilitará grandemente para que sua viagem, antes muito cara, se transforme em uma viagem barata.

Viajar barato é uma ideia de gênio

Primeira dica: Veja algumas informações sobre o lugar que pretende visitar:

Antes de embarcar, pesquise em revistas e na internet sobre o local que pretende visitar, pois com esta pequena atitude você evitará muitos aborrecimentos e poderá sim economizar uma boa grana em hotéis e alimentação.

Segunda dica: Leia o jornal da cidade:

Assim que colocar os pés no destino, procure comprar um jornal local ou alguma revista que trate de atrações na cidade, desta forma você saberá de antemão as melhores oportunidades para se divertir a um preço realmente tentador.

Terceira dica: Compre um passe do transporte público:

Muitos se enganam quando pensão que o transporte público nos Estados Unidos e na Europa são essa porcaria que encontramos por aqui, portanto, aconselho grandemente que assim que chegar no seu destino, compre um passe para o transporte público, pois além de conhecer melhor a cidade, você poderá ver que viajar barato é possível sim!

Quarta dica: Programe-se para passear mais em dias normais:

Tente programar sua viagem para passear mais durante a semana, pois os custos de muitas atrações despenca durante estes dias. E sem contar que até mesmo os hotéis abusam mais durante os finais de semana e feriados.

Um exemplo que temos disso até mesmo aqui no Brasil são os cinemas que são quase sempre mais barato a partir de segunda a quinta-feira.

Quinta dica: Durma sem muito luxo:

Pesquise sempre uma alternativa de alojamento típico de localização. Alguns países ou regiões têm suas próprias maneiras que para permanecer. Como o Brasil tem as pousadas, nos Estados Unidos existem os motéis, na Europa, os bed & amp, assim por diante. Estas alternativas sempre serão mais baratas que um simples hotel no centro da cidade.

Sexta dica:  Lave você mesmo suas peças de roupas:

Lave você mesmo suas roupas e esqueça as lavanderias de hotéis, que normalmente são extremamente caras. Use produtos de limpeza de rua, ou, melhor ainda, as redes de lavanderias que já existem na maior parte do planeta e pouco ou nenhum valor. Para passar as roupas, você tem duas alternativas: usar o chuveiro a vapor para desamassá-los ou tomar um ferro de alisar dentro do saco, que não deixa de ser uma alternativa muito barata para economizar.

Sétima dica: Não tenha vergonha de ir aos supermercados:

Além de você economizar um bocado, é uma estratégia simples e prática para comprar alguma coisa, principalmente para aqueles que ainda não dominam bem o idioma do local onde estão visitando, sem contar que é uma ótima forma de você descobrir sobre as peculiaridades das comidas do local.

Oitava dica: Carteira de estudante – sempre uma ótima opção de economia:

Se você é um estudante, obtenha uma licença global de estudante, pois dessa forma, você terá muitos descontos em diversos estabelecimentos ao redor do mundo, tanto na Europa bom como também nos Estados Unidos e Canadá.

Nona dica: Não esqueça de contratar o melhor Seguro Viagem Internacional:

Está, embora seja a última, será a dica de maior importância, pois a contratação de um bom plano de Seguro Viagem Internacional, ajudará você em qualquer situação desagradável que venha a ter. E também faço lembrar que para quem está indo para o continente Europeu, o Seguro Viagem Europa é um requisito obrigatório, tendo em vista o Tratado de Schengen.

Acesse sua cotação pelo site: http://www.seuseguroviagem.com

No mais, boa viagem!